Cara Delevingne é oficialmente uma tripla ameaça. Ela continua a matá-lo em todas as pistas imagináveis (veja: Paris nesta temporada, onde Ashley Benson estava na primeira fila para assistir). Ela deve estrelar a próxima série de vídeos da Amazon Prime, Carnival Row, contracenando com Orlando Bloom no ano que vem. E é o rosto da nova fragrância da Burberry, “Her”, que lança hoje, Delevingne também prova ter um conjunto decente de talentos. Ela canta um pouco para a propaganda do perfume. Fale sobre talento.

Nós conversamos com a atriz de 26 anos em sua cidade natal, Londres, para conversar sobre seus segredos de beleza e os truques que a mantêm feliz e brilhante – na telinha, no tapete vermelho e em todos os lugares.

Glamour: Qual é a sua filosofia de beleza?

Cara Delevingne: Não se rotular ou se importar com o que as outras pessoas pensam. É sobre estar confiante em quem você é, o que veste e como se parece. É mais fácil falar do que fazer, mas acho que é algo pelo qual devemos viver. E precisamos nos elogiar. Ao levantar os outros, nos elevamos.

Glamour: Existe alguma coisa que lhe dê um estímulo rápido?

CD: Quando eu tenho um dia muito longo, uma fragrância pode me animar. A Burberry “Her” me lembra uma pessoa feliz, despreocupada e vivendo a vida ao máximo. E eu sempre carrego um rímel. Eu gosto de ter aqueles cílios Twiggy realmente pontiagudos que enquadram seus olhos. Quando você está cansado, as pessoas não veem isso, elas estão olhando para seus cílios.

Glamour: Outro produto que você ama?

CD: Cuidados com a pele Dior realmente fez a diferença em quão cansada minha pele parece. Tenho apenas 26 anos, mas viajo muito e lidei com bolsas nos olhos. Isso mantém a minha pele fresca.

Glamour: Você faz muito trabalho de dando apoio para mulheres jovens. Como você gostaria de ver as definições de beleza e sexualidade mudarem?

CD: A ideia de todos sobre si mesmos, sexualidade, feminilidade e o que é ser humano é diferente. Quanto mais somos honestos uns com os outros, mais podemos crescer. Através da aceitação e comunicação, podemos nos entender melhor.

Glamour: Qual é o seu hábito mais saudável?

CD: Eu medito e faço ioga o máximo que posso. Eu tento fazer isso duas vezes por dia, mas às vezes eu prefiro estar dormindo.

Glamour: Qual é o seu hábito menos saudável?

CD: Ser dura comigo mesma. Mesmo se eu fizer algo de que eu deveria me orgulhar, eu automaticamente desconsidero isso. Eu fico com medo do que as outras pessoas pensam, e isso é ruim. É algo que estou trabalhando para mudar.

Glamour: Como assim?

CD: Percebendo que os erros cometidos por você não definem quem você é, e que não há problema em ficar com raiva, ficar chateado, não ser feliz o tempo todo. Não há problema em não sorrir se você não quiser sorrir. É aprender a se aceitar.

 

 

 

Fonte: Glamour

Facebook
Instagram
Parceiros
  • Blake Lively Brasil