ENTREVISTA: Cara Delevingne e Margot Robbie para LOVE Magazine

0
24
visualizações

Cara Delevingne entrevistou Margot Robbie para a revista LOVE. Na qual teve duas capas especiais, uma com cada uma das atrizes. (Confira AQUI)

Tudo começou quando Delevingne entrevistou Robbie, tudo foi gravado em áudio e enviado para o escritor da matéria, Paul Flynn, e após receber o áudio e transcrever o escritor teve uma conversa longa com a atriz Margot Robbie por telefone, onde a atriz fala um pouco sobre sua vida pessoal e profissional.

Confira a entrevista abaixo:

Cara Delevingne: OK, eu deveria fazer xixi antes de começar a
entrevista. Eu posso fazer um xixi de nervoso?
Margot Robbie: Claro que pode.

CD: Isso é histérico. Que começo. Então, Margot…
MR: Então, Cara…

CD: Isso é totalmente sobre você, se você quer fazer isso ou não. Nós
duas podemos pegar o celular uma da outra e enviar uma mensagem para
algum contato.
MR: Não!

CD: E ver o que eles mandam de resposta.
MR: Não! Isso vai ser humilhante.

CD: Não, não vai. OK, então nós temos que aprovar o que iremos enviar,
então não pode ser tão ridículo. Eu estou atentada em escolher David
Ayer (Diretor de Esquadrão Suicida)
MR: Não, vá se fuder. (Vendo os contatos no celular de Cara) Ai meu
Deus, você tem muitas pessoas, literalmente. Você tem a mesma pessoa
tipo quatro ou cinco vezes.

CD: Eu sei, isso é irritante. “LL Cool J”?
MR: Não é “LL Cool J”. É minha amiga Lindsay, quem eu chamo de “LL
Cool J”.

CD: Isso é bom.
MR: Quem é “Bubbles”?

CD: Quem é “Bubbles”? Não faço ideia. Quem é “Bubbles”?
MR: “This is so hard! Capricorn?”

CD: Eu tenho um amigo chamado Capricórnio. Isso é estranho? Oh, Eu não
sei se envio para Will ou Jonah ou Tina. Tina Fey? Isso é muito bom.
Ela irá dizer alguma coisa engraçada. OK, OK, OK…
MR: Espera – nós temos que fingir que somos a outra?

CD: Obvio.
MR: Isso é embaraçador. Você tem 17 David Ds aqui. Quem é esse? Quem
é “Mad Dan”?

CD: Deus, você só está olhando os D?
MR: Porque você tem seis bilhões de contatos.

CD: Eu não acredito que você tem nove versões de seu próprio número.
Que merda é essa?
MR: Isso é estupido. OK, eu vou escolher qualquer um. Quem é Dingo?
Doctor Who? Merda, eu estou com medo. Aqui tem um bom: Gaga.

CD: Essa não é a verdadeira Lady Gaga. É na verdade bem triste. Era
assim que eu chamava minha bisavó que faleceu ano passado.
MR: Oh, sinto muito.

CD: Está tudo bem. Deus, imagina se eu começasse a chorar agora?
MR: OK, estou chegando no H. Estamos chegando em algum lugar. Geri
Halliwell? Como em Ginger Spice?

CD: Ela é minha madrinha.
MR: Ai meu Deus! Eu sempre esqueço isso. Que merda? Isso é louco. Sua
lista de contatos é tão interessante. Paris Hilton? Você está falando
sério? É o número atual dela?

CD: Esse deve ser algum antigo.
MR: Damien Hirst? Caramba.

CD: Você sabe quem seria uma pessoa bem engraçada de enviar mensagem?
MR: Hmm? (Silencio por um momento) Sim. Eu estava pensando nisso.

CD: Como está o nome dele? PH! Eu realmente coloquei PH? Sim, claro
que sim.
MR: Eu acho que ele está como “Hazza” no meu.

CD: “Hazza”! Talvez nós duas deveríamos mandar mensagem para ele. No
mesmo momento. Isso é genial. Muito bom.
MR: OK.

CD: OK, e se nós duas mandássemos uma mensagem falando que tivemos um
sonho com ele noite passada. E dai ele vai ficar “Mas que merda?” Se
nós duas fizemos isso?
MR: É muito obvio se nós duas fizermos o negocio do sonho com ele.

CD: Não muito, não. Porque vai ficar mais estranho. Ele vai ficar,
“wow, as duas tiveram sonhos sobre mim?”
MR: Você tem muitos emojis. OK, o que você está escrevendo?

CD: Eu disse, “Hazza, eu tive um sonho com você ontem a noite mas não
foi nada estranho.”
MR: Eu escrevi, “Ai meu Deus, você estava no meu sonho noite passada,
ponto, ponto, ponto, carinha piscando” Isso é sugestivo o suficiente?

CD: Sim, isso é ótimo. Isso é muito engraçado.
MR: Certo, envie.

CD: Cara, você tem tipo nenhum emoji.
MR: Você tem paginas deles.

CD: Você enviou?
MR: Sim.

{…}

Nada de certeza sobre “Hazza”. Porque é Cara e porque nenhuma das duas
mencionaram um sobrenome. Eu assumi que era Harry Styles.
“Eu nunca realmente conheci Harry Styles, então eu não tenho ele no
meu celular. Não, não, era o príncipe Harry. Margot me corrige pelo
telefone.
Cala boca. “Sim. Porque nós duas tínhamos ele no celular com nomes
diferentes. Eu fiquei mas quem é HP ou PH ou sei lá como estava o nome
dele no celular dela. Eu tinha ele como ‘Hazza’, então nós duas
ficamos achando hilario caso enviássemos mensagens para ele.”
Como o número dele acabou indo parar nos contatos de Margot? “Eu o
conheci porque ele é amigo de Cara. Ele é o garoto mais normal. Eu nem
percebi quem ele era. Eu apenas achava que era um menino chamado Harry
e pronto, que garoto legal.”
A conexão com a realeza amarra Margot e Cara ainda mais, para quando
elas se conheceram, bem antes de serem escaladas para o elenco de
Esquadrão Suicida.
“Nós nos conhecemos em um evento no Castelo de Windson, mas bem
brevemente, eu sei que isso soa como se eu esbarrasse na realeza a todo
momento, mas o príncipe William estava no evento. Foi esse tipo de
coisa, um evento super chique. Eu lembro de estar balbuciando com a
minha amiga Sophie Kerr, quando essa garçonete disse, ‘Você gostaria
de água? Você gostaria de Champanhe?’ Eu disse, ‘Deus, eu quero
tequila’, E alguém ouviu, Cara quem eu nunca tinha visto antes, estava
metros de distância de mim mas seus ouvidos captaram tudo e ela disse
‘Alguém disse tequila?’ dai eu fiquei ‘Nós seremos melhores amigas'”.

CD: Você sabia que nosso nome de casal é “Cargo”, O que é legal.
MR: Oh. Meu. Deus. Isso é brilhante!

CD: Isso não foi uma pergunta. Eu estou apenas te contando isso.
MR: OK, mas nós realmente precisamos utilizar isso. Então você poderia colocar isso na entrevista, seja lá quem está escrevendo isso…

CD: Com licença, quem é esse? Olá! Olá! OK (O celular dela apita) Ai meu Deus, Hazza me respondeu.
MR: O que ele disse?

CD: Ele disse “Vocês estão obviamente juntas. Mas estou extremamente feliz que estive no sonho de vocês.”
MR: Meu Deus!

CD: OK – se você fosse um ovo, como você seria cozinhada e por que?
MR: Eu acho que seria cozida.

CD: Por que?
MR: Porque eu gosto de ficar em volta da água, se movendo nela.

CD: Você seria dura por dentro ou mole?
MR: Parece duro por fora mas na verdade é bem macio por dentro.

CD: Eu acho que eu seria ovo mexido.
MR: Eu acho que você seria ovo mexido também.

CD: Mas com alguma coisa junto.
MR: Como cebolinha?

CD: Ah sim, talvez eu seja um omelete. OK, qual foi seu momento mais memorável em Esquadrão Suicida?
MR: No set ou fora do set? No set, eu realmente amei a cena onde eu estou andando na passarela quase indo pular no negocio do helicóptero e todos aqueles explosivos estão no ar. Eu nunca tinha visto tanta pirotecnia. Nós fizemos isso várias vezes mas nós não podíamos fazer muitas vezes porque estava ficando com um ar ruim para inalar por causa de todos os explosivos. E o negocio em baixo da água foi muito legal. Eu nunca tinha feito esse tipo de atuação antes, onde você não consegue ouvir nada.

CD: É esse que você teve que aprender a segurar sua respiração embaixo da água? Você é boa nisso de qualquer forma? Porque você não fumou então seus pulmões devem ser bons.
MR: Quer dizer, sim, eu era boa mas não era isso, é mais sobre que você não pode se concentrar em mais nada a não ser em conservar seu oxigênio. Então você tem que fazer nada. E isso parece uma coisa produtiva de se fazer. E eu não consigo ficar sem fazer alguma coisa então ser produtiva por fazer nada é tão bom.

CD: Isso soa bom. E eu realmente sei o que você quer dizer sobre se estressar em ser improdutivo.
MR: Não era tanto sobre a capacidade dos pulmões. Era mais sobre realmente ser capaz de conseguir deixar tudo ir. Você realmente tem que esquecer de tudo, o que é um bom exercício.

CD: Qual foi seu momento preferido fora do set?
MR: Provavelmente quando todos nós fizemos uma viagem ao Montreal – aquele final de semana foi bom.

CD: Muita diversão. Cada momento.
MR: Literalmente, eu podia fazer uma lista de centenas de momentos. Ou o fato de que todos vocês me esperaram para que eu agasalhar e me carregaram para uma ultima dose. Isso foi bom.

CD: Terminar o filme foi a coisa mais triste. OK, se você morresse, o que estaria na sua lapide?
MR: Eu não sei se quero uma lapide. Eles parecem muito assustadores e tristes, eu sei como eu quero morrer e onde eu quero morrer.

CD: Ok, me conte isso.
MR: Eu vou ter 74. Eu vou morrer de um coco caindo na minha cabeça porque aparentemente mais pessoas morrem por causa de cocos caindo em suas cabeças do que por ataques de tubarões, então eu não acho difícil de acreditar. E eu quero morrer aos 74 anos.

CD: Isso iria matar você instantaneamente né?
MR: Sim. Eles estão muito alto. E pense sobre isso. Você vai morrer por causa de um coco o que significa que você estava relaxando em uma praia em algum lugar. Um modo feliz de ir embora. O que significa que ninguém pode ficar triste. Imagine sua família recebendo o telefonema. Eles dizem, Margot morreu. E eles dizem, “Como aconteceu? Ah, um coco caiu na cabeça dela?” Você não tem como não achar um pouco de graça. Então ninguém realmente ia ficar triste sobre isso.

CD: Você acha que com 74 anos você vai para uma praia tropical e irá esperar por um coco cair em sua cabeça?
MR: Eu acho que vou ir com 72 anos. Assim eu terei bons dois anos.

CD: Para relaxar e escolher o coqueiro certo?
MR: Se não acontecer até os 75 anos eu vou pegar um martelo e vou golpear o coqueiro.

CR: Talvez a pessoa que você ame estará com você, assim vocês estarão juntos.
MR: Ah sim. Eu já contei para o Tom (Ackerley, namorado de Margot) sobre isso. É assim que vamos fazer.

CD: Qual o lugar mais estranho em que você já fez sexo?
MR: Em um Jet Ski. E o seu?
CD: um elevador ou um avião. Eu fiz muito sexo em aviões. Mas eu sempre fui pega. É muito difícil não ser pega.

{…}

CD: Se você pudesse ser um homem que ainda está vivo, quem seria?
MR: Eu prefiro ser um homem do que uma mulher. Talvez um astro do rock – alguém que pode ficar fazendo sexo a todo momento e festejando e ainda assim nunca ser julgado.

Algumas partes da matéria não foi traduzida pois contava a vida de Margot Robbie e não citava Cara Delevingne, que é a pessoa ao qual divulgamos notícias porém caso você queira ler esses trechos, confira a matéria na integra sincronizando nas miniaturas abaixo:

1~377.jpg2~372.jpg3~337.jpg4~307.jpg