O Porque Rihanna, Taylor e Kendall são como família para mim

 

Ela é a rainha dos flashs e agora ela está conquistando Hollywood. LOOK teve uma conversa exclusiva com a Senhorita Delevingne sobre amigos, amor e porque ela preferiria estar pelada.

O quanto nós amamos Cara? Ela se divertindo com Rihanna ou andando pela passarela do show da Taylor Swift em Londres com Gigi Hadid e Kendall Jenner, ela sempre está tendo um bom momento. Então quando fomos convidados a conhecer a menina de 23 anos em LA como parte da sua turnê promocional do seu novo filme Cidades de Papel, ficamos fora de si.

Cara realmente parece que vai atrás de tudo – amigos celebridades, um guarda-roupa in-crível e uma carreira estrelar. Essa ano, ela deu um passo atrás com modelagem (tirando trabalhos com sua amiga, Kate Moss). Em vez disso, ela está focada em Hollywood. E ela já ganhou ótimas críticas desde o inicio da sua carreira do cinema em 2012 em Anna Karenina.

Além disso, Cara está com a sua namorada Annie Clark, 32. ‘Eu acho que estar apaixonada pela minha namorada é uma grande parte do porque estou me sentindo tão feliz com quem eu sou atualmente’ ela admitiu em uma entrevista anterior. O par está inseparável desde o final de Dezembro, com Cara acompanhando Annie no circuito de festivais nesse verão quando sua agenda permite.

Mas enquanto Cara está se sentindo no topo do mundo, tem sido incontáveis as tentativas das pessoas de colocarem ela para baixo, incluindo um programa de TV americano que perguntou-se ‘ela havia ao menos lido livro’ de Cidades de Papel. Mas Cara se recusa a deixar os haters vencerem. Como John Green, o autor de Cidades de Papel disse: ‘ Cara não existe para se adequar a sua narrativa ou as noticias no seu feed – e é por isso que ela é tão interessante.’ De fato.

Quando nós a conhecemos no The London Hotel em LA, nós ficamos hipnotizados por aquelas sobrancelhas e maçãs do rosto. Apesar de um longo de dia de divulgação, ela estava em ótimo humor e imediatamente nos diz que atuar é seu primeiro amor. Mas apesar de um grande papel no filme biográfico da Amanda Knox, Face Of An Angel, no inicio desse ano, ela sempre manteve seus olhos no papel principal – e é por isso que ela está tão animada com Cidades de Papel. O que nós amamos tanto em Cara é que ela não se leva tão a sério. ‘Eu gosto que todos tenham um bom momento. Essa é minha atitude e espírito normalmente’, ela disse. Então vamos deixar a diversão começar…

Cara_Delevingne_Look_Magazine_August_24th_2015
Oi Cara. Você está com um humor ótimo hoje, mas se você está mal, para qual amigo você liga para te animar?

Eu falo com muita gente todos os dias. Todos, desde meus amigos mais velhos, como Georgia [May Jagger] e Suki [Waterhouse] até Jourdan [Dunn] e Dakota [Johnson] ou Kendall [Jenner]. Eu ligo no FaceTime para Taylor [Swift] toda semana! FaceTime é a melhor coisa do mundo.

O quão importante é ter amizades fortes para você?

Eu amo meus amigos mais que qualquer coisa. Amigos são família para mim. Eu ainda te-nho todos os meus velhos melhores amigos que são desde a escola. Durante a vida, eu conheci muitas pessoas incríveis e inspiradores que são tão ocupadas quanto eu. Nós passamos pelas mesmas coisas. Nossas vidas privadas são públicas, e é legal ter pessoas que posso contar.

No seu novo filme, Cidades de Papel, seu personagem Margo procura vingança.

Você já planejou pegadinhas em alguma pessoas? Não imaginamos que você seja vingativa…

Eu era. Eu pregava muitas pegadinhas. Eu amava acionar alarmes de incêndio na escola, o que é horrível.

Você já foi pega?

Não, eu não era o tipo de pessoa que era pega. Eu era muito ninja. Alguma outra pessoa sempre era pega. Eu nunca tinha problemas.

Você é um ótimo exemplo, hein!

Sim. Eu costumava deixar coisas horríveis nos sapatos das pessoas.

Coisas como?

Uma vez coloquei um escorpião no sapato da minha irmã [Poppy]. Nós brigamos.

Você tem limites?

Eu não gosto de limites.

Esse é o seu primeiro papel principal, você gosta de se ver na tela grande?

Oh, eu odeio me assistir e me escutar. Mas é necessário. Você tem que ser confiante. Sendo uma confiança falsa ou não – você só tem que fazer.

Como foi seu primeiro dia no set?

Eu nunca não estou nervosa quando eu começo qualquer coisa.

Então como você lida com o nervosismo?

Eu não lido. Eu sou uma pessoa super nervosa. Normalmente eu não consigo parar de fa-lar e eu fico toda estranha e começo a fazer coisas idiotas. Eu penso em coisas que eu vou fazer que são bem estranha, como jogar coisas nas pessoas. Eu tento esconder o fato de que eu estou nervosas, mas é bem obvio que eu estou.

Atuar é o seu grande amor?

Eu tenho dois amores na minha vida, talvez três. Isso definitivamente é um deles. A pri-meira vez que eu subi num palco eu me apaixonei, então o fato de que posso fazer isso agora é a maior benção do mundo.

Você interpreta uma menina muito popular no filme, que sabe atrair um cara. Tem alguma semelhança entre você e a personagem nesse sentido?

Na escola, eu era totalmente não essa pessoa. Eu provavelmente era o oposto.

Então você era tímida?

Não, eu não era tímida, isso com certeza. Na verdade, eu totalmente deixo as pessoas confortáveis. Se uma pessoa no grupo é a mesma tímida, eu vou garantir que ela tenha um bom momento. Eu não sei se Margo é completamente consciente do poder que ela tem sobre o Quen-tin [interpretado por Nat Wolff]. Talvez eu seja assim? Não tenho certeza.

Como você se sente por ter tantas pessoas que têm você como um modelo, e seguem cada um dos seus passos?

Eu sou muito sortuda porque existem tantas coisas e tantas pessoas que eu quero ajudar, especialmente as gerações que estão por vir. Eu realmente quero fazer a diferença. Eu quero ser um bom modelo. Eu não acho que eu entendia a importância e o que isso realmente significava quando eu era mais nova, porque eu não sabia que eu era um até recentemente. Eu quero ser ga-rota que as garotas se espelharam. Quando eu era nova não existiam tantas mulheres fortes para eu me espelhar.

Quem eram seus modelos quando você era mais nova?

Eu tinha mais homens como modelos, e é por isso que eu acho isso um pouco triste. Eu era um moleque e eu gostava de brincar de carrinhos e bonecos de ação. Mas eu amava as Spice Girls.

Quando Spice Girl você queria ser?

Eu sempre mudava. Eu comecei querendo ser a Baby, ai fui para a Sporty e ai Geri.

Quem é seu exemplo agora?

Angelina Jolie. Eu adoraria ter sua carreira. Eu acho ela incrível, especialmente sendo uma diretora agora. Eu adoraria poder fazer isso. Eu tenho muitos amigos que são exemplos para mim. Você sabe, Taylor e Rihanna. Elas são mulheres muito trabalhadoras que são completamente independentes e incríveis.

Você recentemente cantou com Pharrell. Você se aproximou dele?

Nós fizemos um shoot um tempo atrás, e eu sempre canto e faço barulhos idiotas com a minha boca. Ele percebeu e disse ‘Você tem algo’. Então nós nos tornamos amigos, e foi assim que aconteceu. Música é algo que eu vou fazer pelo resto da minha vida. Eu tenho feito isso desde os meus oito anos de idade, e quem sabe não se torne algo público? Eu escreve minhas próprias músicas e eu sou a pessoas mais dura comigo mesma. Se eu fosse lançar um álbum, ele teria que estar muito bom!

E modelar, você ainda liga para a moda?

Claro que sim. Eu ligo o suficiente. Eu amo roupas. Mas não a todo o tempo. Eu preferiria ficar pelada. O que posso dizer?

Fonte: Look Magazine Tradução Equipe Cara Delevingne Brasil | www.caradelevingne.com.br

Facebook
Instagram
Parceiros
  • Blake Lively Brasil