Déborah tem 19 anos e é ex-estudante de tatuagem, vive no Rio de Janeiro e durante a visita de Cara Delevingne na cidade em 2013, e Déborah foi tentar conhecer a modelo. A primeira tentativa dela foi tentar pegar o autógrafo da Cara esperando ela na frente do hotel Fasano, localizado em Ipanema, Zona Sul do Rio. Um amigo de Déborah, que foi ao evento que a marca Bo.Bô organizou para Delevingne, disse que Cara estava inacessível nos eventos e com muitas pessoas ao seu redor.

Em frente do hotel Fasano no Rio de Janeiro, Déborah conseguiu o autógrafo, mas faltou fotos boas do momento. A fã tem uma coleção de autógrafos emoldurados na parede que contam com a participação até do de Lana Del Rey. 

Então Déborah esperou até que Cara voltasse da sessão de fotos para Vogue Brasil, quando Cara chegou, tinha ela e mais 30 fãs a espera da modelo. Déborah nos contou:

“Quando ela chegou todo mundo voou em cima dela. Ela atendeu um por um, muito fofa e simpática, tirou foto com todos e autografou tudo, trocou algumas palavras e os seguranças e assessores vieram resgatá-la se não ela passaria a noite toda ali conosco!”

Déborah sabia que Cara queria fazer uma tatuagem no Rio, e com alguns contatos na área (como ex-estudante de tatuagem), a mesma foi atrás do estúdio onde a britânica ia se tatuar (e até já tinha trabalhado lá). Correu pra lá antes da moça chegar e dos seguranças dela. Logo depois, chegou Delevingne com sua amiga e modelo Alice Dellal e mais um amigo de ambas.

Elas ficaram conversando, segundo o que Déborah nos contou:

“Bebemos whisky e quando ela tava la esperando de bobeira porquê o amigo dela que estava tatuando. Fiquei conversando com as duas, enquanto isso, fumamos uns cigarros, batemos papo, elas são uns amores! Perguntei se ela tava afim de fazer algo divertido, no caso me tatuar. No inicio ela só ficou: ‘NO WAYYYY!!!!’ (De jeito nenhum!!!) ai eu: ‘pô, bora?'”

Questionamos:  Enquanto vocês ficaram conversando, bebendo e fumando, ela contou alguma história legal? Déborah nos respondeu:

Ela contou um pouco sobre como conheceu a Alice (Delllal) na real. Que elas estudaram juntas e nunca mais se separaram. Coisas da vida nada relevantes.

Falou com o dono do estúdio se seria possível, então Cara tatuou Déborah. Ela já tinha tatuado em sua perna “Cheddar” pois ama queijo, e a modelo tatuou o nome dela no lado, porquê também ama queijo. Também tinha um gatinho, e ela tatuou um cachorrinho para fazer par. Como ex-estudante de tatuagem, a fã deu algumas dicas para Cara e conta: “Ela sempre atenta para o que eu ensinava a ela e tal.” E Cara disse que foi extremamente divertido fazer a tatuagem. Depois Déborah nos contou:

 “Elas falaram que iam pro ‘samba’, nos também sambamos e dançamos lelek, que aliás, ela achou o máximo, que ela tinha conhecido no evento da Bo.Bô”
Perguntamos o que mais chamou a atenção da Cara nela, Déborah respondeu:

“Ela ser totalmente simples. E super, mas super educada.  Ela tropeçou no meu pé e só faltou pedir perdão 3 vezes. Uma fofa, sério. E maluca e muito, mas muito sapa (tona).  Ela senta toda aberta e fala que nem um menino, achei fofíssimo.”

PERGUNTAS ENVIADAS PELOS FÃS:

1. Qual foi a primeira impressão que você teve quando viu a Cara pessoalmente? E teve algo que te surpreendeu na personalidade dela que você não conhecia? E como surgiu a amizade de vocês? Foi algo natural?

Déborah: Acima de tudo como ela é uma moleca super simples e educada. O que me surpreendeu é ela não ser nenhum pouco metida. Total pé no chão, comunicativa, simpática, de riso fácil, suuuuuuper educada, sério… Uma fofa. Bem, não teve muita coisa né? Foi bem tranquilo e ela tem uma energia que me deixou muito confortável, então pra mim, foi muito fácil me comunicar e manter um dialogo. Obvio também que eu não fui uma tiete chata que só ficou perguntando sobre o trabalho dela, conversamos sobre várias coisas!

2. A Cara nas entrevistas tem um jeito muito engraçado e bem piadista e falante, fora da mídia ela é do mesmo jeito?

D.:  Exatamente do mesmo jeito. Ela é muito espontânea. Brinca, ri alto, fala abeça e um monte de bobagens. Ela é muito engraçada e tem um jeito muito largado, o que é uma mistura de mulher madura com um toque de molecagem. Sim, diria que é bem o que ela expõe mesmo.

3. Você já conhecia a Cara? Como foi?

D.: Nãooooo. Não pessoalmente. Sou fã do trabalho dela a um tempão, mas só conhecia o lado profissional, basicamente.

4. Você e Cara mantem contanto? Vocês se falam por celular e coisas do tipo ou não?? Obrigado!

D.: Não. Temos uma a outra em redes sociais mas nunca tive um papo que achei pertinente!

5. Como foi ser tatuada pela cara?

D.: Foi muito engraçado. Ela é paciente e prestou atenção nas dicas que eu dava pra ela. Fora que ela tem uma mão super leve, com ceretza a tattoo que menos doeu que já fiz. Cara, ‘cê leva jeito. Vai fundo!!!

6. A Cara é falante ou quieta, assim na dela?

D. Super falante. Tagarelou o tempo todo e mesmo quando estava sendo tatuada não parou, cantou a sessão inteira

7. Você e cara são só amigas, ou rolou um pequeno affair ? Tudo pode acontecer….

D.Hahahahahaha secret! (Segredo!)

8. A cara falou pra você quando ela volta pro Brasil?

D.: Ela falou que pretendia voltar no carnaval mas não conseguiu. Mas ela vira e mexe ta no país então…

 Acompanhe as fotos da tatuagem:

Home > Cara Delevingne no Brasil > 2013 > Cara Delevingne tatua fã

104~1.jpg 105~1.jpg 106~1.jpg 107~1.jpg 108~1.jpg 109~1.jpg

 

O EGO fez uma reportagem sobre a Déborah, quem quiser conferir: aqui

Facebook
Instagram
Parceiros
  • Blake Lively Brasil