Cara Delevingne está na capa da Vogue UK do mês de Setembro e a revista divulgou em seu site alguns trechos da entrevista que Cara Delevingne concedeu para a edição. Confira abaixo:

Cara Delevingne se abre sobre seu relacionamento e sobre a definição de sua sexualidade para a Vogue de Setembro.

“Eu estou completamente apaixonada…Antes, eu não sabia o que amor era – o amor real,” ela diz sobre seu relacionamento com a cantora e compositora americana Annie Clark (conhecia pelo seu nome de palco St. Vincent). “Eu não entendia a profundidade. Eu sempre costumei pensar que era você contra o mundo. Agora eu sei que o significado de vida é amor. Quer seja por você, para o mundo ou seu parceiro.”

“Quando criança eu costumada usar a palavra gay como uma palavra ruim, como, ‘Isso é tão gay’. Todos meus amigos faziam isso,” ela continua. “(Os pais dela) tem me dado muito suporte. Eu estou obviamente apaixonada, então se as pessoas querem dizer que eu sou gay, está ótimo. Mas todos nós somos liquido – nós mudamos, nós crescemos.”

A mulher de 23 anos também discute sua transição para a industria cinematográfica e seus sentimentos sobre estarem falando recentemente sobre as disparidades salariais em Hollywood.

“Eu ainda estou aprendendo. Eu atuo por amor. Eu dou tudo de mim.” Ela revelou mais sobre sua busca recentemente. “Eu provavelmente ainda faria mesmo que não me pagassem nada. Mas em termos de igualdade de pagamento eu preciso receber o mesmo que os homens que tem o mesmo faturamento que eu. Ao contrario eu não faço. Porque se você aceita menos, você está apenas deixando todos para baixo e deixando continuarem o ciclo.”

“Meu maior medo é de ser contratada por causa da minha quantidade de seguidores,” ela confessa.

A revista vai as bancas dia 04 de Agosto, estamos ansiosos para essa entrevista completa.

Fonte: Vogue

Facebook
Instagram
Parceiros
  • Blake Lively Brasil