A designer Mary Claire Hannan deu uma pausa no seu trabalho atual, o quarto filme de “Alvin e os esquilos” para contar ao Fashionista como foi desenvolver o traje da personagem de Cara Delevingne no filme Cidades de Papel.

As roupas do elenco foram inspiradas em filmes dos anos 80 e início dos anos 90.

Como você fez para transmitir o mistério de Margo Roth Spiegelman (Cara Delevingne) através do traje?

Primeiro de tudo, eu estava lidando com o personagem, mas eu também estava lidando com a atriz/modelo. Então esse foi outro elemento a ser considerado, porque não importa o que você vista em Delevingne, ela já deve ter usado. Eu fui a lugares como brechós. Eu tentei criar algo masculino e feminino, mostrando o quão agressiva ela (Margo) podia ser e ainda assim uma vulnerabilidade por dentro.

Na verdade isso soa como algo que Cara Delevingne iria vestir na vida real. Delevingne teve algo a dizer sobre as roupas?

Ah sim, isso é muito importante para mim, porque Delevingne é quem carrega tudo. Ela é quem está na frente das câmeras. Então eu conheci um pouco dela. Você pega o sentimento nos primeiros cincos minutos, então eu pude ver esse estilo menino nela. Então eu soube que podia ser um tope esportivo e não necessariamente um sutiã feminino.

E ela amou, ela realmente amou tudo. Ela estava com aquele sotaque britânico “Isto é doentio! Eu adoro isso, e isso, nós temos isso tudo!” e então ela correu para fora do trailer. Porque ela nunca tinha visto tal coisa antes. Ela me vê cortando tecido e vem dizendo “Coloque este com um sutiã cor de vinho”. Foi fantástico para ela a criação do material.

Como foi trabalhar com alguém tão grande na moda?

Eu tenho que me aproximar de quem eu estou vestindo. Então ela não ia ser a modelo na minha sala. Ela ia ser a Cara, atriz. Eu trabalhei muito com modelos e é diferente. Elas ficam lá, elas realmente não tem nada a dizer. Você coloca a roupa nelas e é tudo sobre a roupa. Agora considerando estar trabalhando com uma atriz, é diferente. Então eu ia para sala com a Cara e ela iria conversar comigo sobre o que ela pensou que Margo era. Enquanto eu pegava as roupas, eu estava ouvindo, ela estava falando sobre a personagem sabe?

Delevingne também é muito brincalhona. Teve algum momento de pegadinhas na sala de roupas?

Oh, teve vários. Ela realmente tem uma vantagem nisso, e ela é a personagem em muitos níveis, ela realmente não tem medo do risco, é criativa e inovadora. Ela não é apenas um rosto bonito, ela é muito inteligente e educada. Quando ela chega muito longe e deixa alguém sem paciência, ela diz “Desculpe, eu estava apenas me divertindo. Vamos voltar ao trabalho.”

Eu acho que tem uma enorme carreira como atriz a sua frente. Ela é linda.

Fonte: Fashionista

Facebook
Instagram
Parceiros
  • Blake Lively Brasil