Recentemente Cara Delevingne foi capa da revista Vogue Britânica em uma edição na qual falava sobre o casamento moderno.

Confira o vídeo feito para a revista legendado:

Recentemente foram publicadas várias matérias falando que Paris Jackson estaria namorando três mulheres ao mesmo tempo, sendo elas Cara Delevingne, Ashley Benson e Caroline D’amore e Jackson decidiu se pronunciar sobre o assunto em sua conta do Twitter.

A modelo disse “Eu nunca conheci a senhorita Benzo. Caroline é uma das minhas melhores amigas, e é **hétero** e **casada**, também mãe da minha afilhada. Cara e eu nunca fomos oficializadas como exclusivas, vocês inventaram isso”.

E com isso várias fãs decidiram questionar Paris sobre sua relação com Cara Delevingne, confira as duas perguntas feitas e respondidas por Jackson:

“Ok, legal. Mas você e Cara pararam de se ver porque Cara começou a sair com a senhorita Benzo? ou porque você conheceu alguém?”

“Eu a amo profundamente, eu a vejo quando consigo. Nós não estamos compromissadas como namoradas.”

“Queria que você e Cara tivessem sigo algo oficial. Vocês dariam bem juntas.”

“Eu não preciso de rótulos para mostrar o quanto amo uma pessoa”

Em um post em um perfil de moda ‘The Catwalk Italia” que reunia alguns looks de Selena, Stefano comentou: “ela é tão feia”.

Foi o suficiente para o comentário maldoso do cofundador da “Dolce & Gabbana” gerar grande polêmica nas redes sociais.

Muitas pessoas não gostaram da atitude e em menos de uma hora a tag #SelenaYouAreBeautiful estava entre os assuntos mais comentados no twitter. Entre as pessoas que não gostaram da atitude muitos artistas como Julia Michaels, compositora de alguns hits do álbum “Revival”, escreveu: “aqui apenas para dizer que você é uma das mulheres mais lindas que conheço, por dentro e por fora. Te amo sempre”, O ator Nat Wolff, que fez par romântico com ela no filme “Behaving Badly” e “In Dubious Battle”. Tommy Dorfman, Jaime KingMadison Beer , Lilly Singh e Miley Cyrus que comentou “O que aquele idiota disse é falso pra caralh*, completamente uma besteira. Selena Gomez está linda pra caramba!”.

E claro que Delevingne, como amiga da atriz e cantora, não deixou de se pronunciar sobre esse acontecimento. Cara utilizou de sua conta do Instagram para defender Selena.

“Muito bem por a ter defendido . Ela é um anjo deslumbrante por dentro e por fora. Ele está completamente cego.”

Após todo essa repercussão o cofundador da “Dolce & Gabbana” decidiu se desculpar comentando na publicação de uma fã de Selena:

“Eu tenho que admitir que nesse vestido Selena está muito fofa… Me desculpe, as pessoas às vezes podem distorcer suas palavras, meu comentário era apenas que ela não estava bem naquele”

Fonte: Selena Gomez Brasil

 

Cara Delevingne e Adwoa Aboah são a capa da primeira edição da revista Chaos Sixty Nine, e pelo que parece, na entrevista concedida por ambas, elas falam sobre ativismo, feminismo e sobre a amizade que elas pactuam.

E a revista acabou de compartilhar via Instagram uma parte dessa entrevista, exatamente na qual Adwoa fala sobre Cara, confira o trecho liberado:

O que te inspira em Cara Delevingne?

“Há muitas coisas que me inspiram em Cara, desde sua energia cativante até sua atitude sem remorso. Mas eu diria que o que me parece mais inspirador é sua capacidade de fazer com que qualquer pessoa, inclusive eu, se sinta a pessoa mais importante da sala. Ao longo dos anos, tive a sorte de chamá-la de minha melhor amiga, ela nunca vacilou em sua capacidade de fazer com que eu e outras pessoas nos sentíssemos especiais e importantes – quase tanto que ela se esquece de si mesma. Cara também me inspira com sua bravura em ser ela mesma, não importa o que os outros pensem. Ela é verdadeiramente uma das mulheres mais gentis, corajosas e genuínas que já conheci. ”

Alguns pedaços da entrevista de Cara também foi divulgada, confira abaixo:

O que te inspira em Adwoa Aboah?

“Uma das coisas mais inspiradoras ao longo dos 10 anos que eu a conheço tem sido vê-la se transformar, crescer e superar tantos obstáculos que fazem parte do crescimento. Adwoa é uma das mulheres mais fortes que eu conheci e ela enfrentou seus demônios de frente. Não só isso, mas ela sempre foi tão honesta e aberta sobre isso. Ela é tão forte, mas sua força vem com sua aceitação da vulnerabilidade e cometer erros e crescer com eles. Ela usou sua própria jornada e tempos sombrios para ajudar tantas outras pessoas. Mesmo que se não nos conhecemos, sei que ficaria obcecado com ela de qualquer maneira, porque ela e sua história teriam me inspirado muito. Eu tenho sorte de ter este anjo na minha vida e estou tão orgulhosa da minha melhor amiga. Eu não posso esperar para ver todas as coisas incríveis que ela fará no futuro.”

O que te fez sentir que o seu ativismo é valido?

“Momentos que realmente colam em mim são essas horas em que você é capaz de acender uma paixão por uma causa ou por algum tipo de ativismo. Trabalhar junto por uma causa é sempre mais poderoso do que tentar fazer isso sozinha.”

Com uma vida tão ocupada, o que te motiva a achar tempo para o ativismo?

“O mundo e as pessoas que estão nisso são minhas motivações constante. Quanto temos ainda para fazer, quantas pessoas lutando e qual é a diferença, grande ou pequeno, ainda faz uma diferença no final no dia. Mudança é algo inevitável, mas é a velocidade com que isso acontece que nós temos que fazer algo sobre.”

Confira as imagens do ensaio fotográfico de Aboah e Delevingne sincronizando no álbum abaixo:

CARA DELEVINGNE E ADWOA ABOAH PARA CHAOS SIXTY NINE

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

 

Martin Amis escreveu o livro “London Fields” em 1989, e o caminho do livro para a tela grande foi uma jornada complicada, para dizer o mínimo. Diretores como David Cronenberg e Michael Winterbottom criticaram o roteiro sem sucesso, e mesmo quando o baixista Mathew Cullen finalmente colocou “Londres Fields” em produção com Amber Heard interpretando Nicola Six, a sedutora clarividente, e um elenco estrelado, incluindo Billy Bob Thornton, Theo James, Cara Delevingne, e o então marido de Heard, Johnny Depp, o filme foi notoriamente afundado depois de sua exibição na imprensa do Festival de Cinema de Toronto quando Cullen moveu-se para processar seus produtores por inserir imagens não aprovadas em sua edição. No ano seguinte, quando Heard e Depp se divorciaram em meio a alegações de abuso físico, os produtores processaram sua atriz principal por USS 10 milhões, alegando que Heard havia renegado suas obrigações de fazer e completar o filme que haviam aprovado. Hearst os acusou em 2017, alegando que os produtores haviam secretamente empregado um corpo duplo para fazer parecer que ela tinha feito mais nudez do que o estipulado em seu contrato.

De maneira bastante notável, dado todo o passado, o filme “London Fields” está pronto para ser lançado em agosto. É um corte mais curto e reeditado do que o exibido em Toronto. Confira o poster abaixo:

Confira o trailer abaixo:

Fonte: Vulture





Facebook
Instagram
Parceiros
  • Blake Lively Brasil